Paraíso Niilista – O Vazio e o Nada se encontram



Pedido de Admissão 10# - Thaís Paloma Pereira Silva

 
Novo tópico   Responder tópico    Paraíso Niilista - Índice -> Fórum Novos Membros
Exibir tópico anterior :: Exibir próximo tópico  
Autor Mensagem
Cancian

Administrador PN


Idade: 40
Registrado: 09/05/04
Mensagens: 321
Localização: São José do Rio Preto

MensagemEnviada: 24/05/2006 - 22:31:08    Assunto: Pedido de Admissão 10# - Thaís Paloma Pereira Silva Responder com citação

Nome: Thaís Paloma Pereira Silva

E-mail: Kierkegaard_1997@bol.com.br

Idade: 19

Área: Instrutora de Informática


Questão_1: Por que você deseja fazer parte do Fórum Paraíso Niilista?


Resposta_1: Por que acredito e acho interessante a proposta do site, de exportar todas essas teses, reflexões e tal, intelectualismos a parte é um site interessante pela própria exposição de idéias e ideais, que não tem nada a ver com o que está em voga hoje, com os modismos...


myCounter: 734


Questão_2: Mencione seus autores favoritos e explique por que eles chamaram a sua atenção.


Resposta_2: Nietzsche - Pela tese da transvaloração dos valores;
Sartre - Pelo questionar existencial do homem;
Kierkegaard -Pelas reflexões metafísicas na área dos costumes bem como a abertura de idéias sobre a humanidade, trazendo sentimentos taís como angústia e desgosto.
Adriano Silva - Por que ele se lança de uma forma interessante ao patamar niilista, e expõe as idéias visando o pensar crítico de seus leitores;
N.V.Gogól - Pelas histórias interessantes.


Questão_3: Quais são as noções fundamentais do livre-pensamento?


Resposta_3: Atitude e liberdade adquirida. Atitude mediante a imposição de uma liberdade que não é a que comporta o indivíduo e todas as suas arbitrariedades, e a questão da liberdade adquirida por que a liberdade mais importante é aquela que permite ao ser que permite que ele seja quem ou o que ele realmente é, em detrimento daquilo que ele sente ou não sente. Esse tipo de liberdade é que forma livres pensadores, ou espíritos livres, como diria Nietzsche.


Questão_4: Conceitue o niilismo e o diferencie do ceticismo. Seja claro.


Resposta_4: O niilismo não é algo que toma padrões metafísicos e éticos para fundamentar suas razões, entendendo que essa existência é nada, e que por isso nada nega, já que não pode provar nada também, jáo ceticismo é mal orinetado por que além de considerar metafísicas e racionalizações vive um duelo entre o real e o imaginário conscientemente, o que acaba por criar uma atitude de indiferença no individuo perante tudo que o cerca, assim ele jamais poderá usufruir dos benefícios do livre pensamento, já que, em sua imensa indiferença perante tudo, nega-se mesmo a conceber-se como algo livre.


Questão_5: Conceitue a moral; explique qual é a sua função e quais são seus alicerces.


Resposta_5: A moral é uma imposição, é mais um móbil para tornar as ações impostas aceitáveis e até certo ponto defensíveis e justificáveis, mas é só mais uma imposição. A sua função é normativa, até mesmo pela sua própria estrutura fundamental, que é a de "orientação" (para quê?), enfim, para as miudezas de sua insólita conveniência temos que seus alicerces são bem claros, já que existe uma minoria que a impoe como norma e parâmetro a ser seguido, coagindo massas em toda a parte. A moral é conveniente só não é real, como tudo o mais aliás..rsrsrs...


Questão_6: O que você entende pelo termo “razão”? O que é a racionalidade?


Resposta_6: A razão é um instrumento lógico do indivíduo, algo que concebemos como inato pq assim nos tem parecido mais conveniente. A racionalidade já é algo totalmente diverso, uma vez que para haver a racionalidade tem que haver a submissão a uma coação, a algo imposto, a racionalidade está ligada a toda moral que é imposta por minorias inferiores. É claro que é também cômodo racionalizarmos alguns conceitos e definiçãoes, mas o abrangente eu-mesmo quase sempre nos boicota nesse processo com seu peso abissal...


Questão_7: Qual é a relação entre a arte e a subjetividade humana?


Resposta_7: A arte é uma das formas mais antigas de expressar subjetividaes individuais, embora não seja o único canal de tentar comunicar o incomunicável é uma das mais introspectivas, plásticas, que o digam algumas das principais tendências em escolas de arte...Sua relação com a subjetividade humana é como um elo, posto que é um indivíduo expressando o que lhe passa, como se passa e por que se passa. Nem sempre se pode expressar tudo, e, na verdade, muito pouco se expressal, menos ainda do que se imagina, mas é uma das formas da gente dizer "a que veio"...rsrsrs...


Questão_8: O que você entende por realidade objetiva? O que a diferencia do subjetivo?


Resposta_8: A realidade objetiva é aquela que se dá a nosso intelecto e subjetividade em forma de empirismos, interpretados por nossa coleção de saberes, nossa enciclopédia prática da atuação real, ou melhor, vida real...O que a difere de nossa subjetividade é que como é algo totalmente externo, ainda que interpretemos, claro!, é que a subjetividade é algo demasiado abrangente e complexo em cada ser, a objetividade delimita certos parâmetros, que você tem de seguir por comodidade, até onde achar que vai ser legal, e se tiver um pouco de consciência, até onde achar que só afeta você e não as pessoas que "gosta", A subjetiviade não se dobra, ela é aten]mporal, extemporânea, quer que a gente enxergue o que somos de verdade e tal, ela é louca...rsrsrs...



Questão_9: Apresente sucintamente sua visão de mundo. Explicite seus posicionamentos mais relevantes. Cite algumas influências.


Resposta_9: O mundo para mim é demasiado tedioso, não entendo, não sei, não vi, enfim...
É tudo estranho e eu tento entender uma porção de coisas e chego a marca registrada que parece ser a inconclusão, um looping eterno de contradições. Não acho que ainda temos chance, como diria o Renato Russo, mas acho que existem outras coisas que devem ser levadas em conta que não nossa visão de mundo, por que mal entendemos nossa subjetividade que dira as outras miríades de subjetividades que formam este mundo, é tudo muito pessoal e só podemos enxergar um ângulo...Eu não sei se sou influenciada por alguém, mas tem muita gente que não entende nada disso aqui, assim como eu, sejam vocês quem forem eu os congratulo ou cumprimento pela mesma visão, é algo incomum pelo menos...rsrsrs..


Questão_10: Questão aberta. Fale sobre algum assunto de seu interesse em especial, relacionado ao conteúdo do site.


Resposta_10: Eu tematizo e problematizo frequentemente a liberdade, aquela que nasce conosco e já vai sendo podada desde as tenras horas de nossa ínfima existência, acho que, como já devo até ter citado aqui mesmo, a liberdade mais importante é aquela que permite ao ser que ele seja quem ou o que ele realmente é, em detrimento daquele que ele sente ou não sente. A liberdade não se funde calmamente, aliás nada se funde calmamente...
_________________
André Díspore Cancian
| Ateus.net | Paraíso Niilista | Ateísmo & Liberdade | ADC taedium vitae |
Voltar ao topo
Exibir o perfil do usuário Enviar mensagem privada Enviar e-mail Visitar o website do usuário MSN Messenger
t. h. abrahao

Fundador PN


Idade: 37
Registrado: 22/01/05
Mensagens: 574
Localização: são josé do rio preto - sp

MensagemEnviada: 25/05/2006 - 06:03:51    Assunto: Responder com citação

confesso que depois do pedido de admissão do hélio, os pedidos posteriores, de certa forma, tiveram azar, pois o nível das respostas aumentou muito. entretanto, comparando os dois pedidos da thaís silva, nota-se uma bela diferença que, a meu ver, deve ser considerada. ela diz que entre seus autores favoritos há um desconhecido e um russo. à parte o desconhecido que, espero, possamos conhecê-lo - suas idéias e formas de escrita -, gogól me chamou a atenção por ser raro encontrar algo de sua obra, tão logo seja um expoente de peso da literatura russa.

a resposta quatro não me agradou, pois abordou de forma errada o ceticismo porque o faz considerar em seu âmbito a metafísica. e, na mesma resposta, diz que o niilismo, ipsis litteris, nada nega. Mas deixemos os erros conceituais de lado, pois, como ela disse, nada se funde calmamente...

e depois da minha habitual verborragia, eu aprovo a entrada dela porque neste segundo questionário ela respondeu de forma mais coerente, ou melhor, da forma que buscamos selecionar - destarte, é claro, lapsos que podemos cometer; mas, afinal, aqui também se aprende. outro motivo de minha aprovação é que ela deu-se ao trabalho de responder novamente o questionário, depois de notar que na primeira tentativa não houve sucesso. não desistiu, foi em frente, disse outro foda-se e mandou ver. e, claro, como um bom cristão, deu a outra face pra bater. Laughing

p.s.: a piadinha do cristão foi só pra dar humor à sabatina. sei que ninguém riu, mas aceitem como uma tentativa humilde de um singelo rapaz escrevendo isso às 6h05, a par de sua primeira xícara de café.


Editado pela última vez por t. h. abrahao em 25/05/2006 - 06:05:18; num total de 1 vez
Voltar ao topo
Exibir o perfil do usuário Enviar mensagem privada Enviar e-mail Visitar o website do usuário MSN Messenger
Helio Rodrigues Pereira




Idade: 50
Registrado: 03/05/06
Mensagens: 19
Localização: Rio de Janeiro - Copacabana

MensagemEnviada: 25/05/2006 - 14:39:57    Assunto: Responder com citação

Bom, acho que o Weird disse tudo que eu poderia dizer. Meu voto é pela aprovação.
_________________
Aniquile-os todos
Voltar ao topo
Exibir o perfil do usuário Enviar mensagem privada Enviar e-mail Visitar o website do usuário
Eustaquio Maia




Idade: 71
Registrado: 12/05/05
Mensagens: 391
Localização: Belo Horizonte

MensagemEnviada: 25/05/2006 - 14:58:53    Assunto: Responder com citação

Citação:
a resposta quatro não me agradou, pois abordou de forma errada o ceticismo porque o faz considerar em seu âmbito a metafísica. e, na mesma resposta, diz que o niilismo, ipsis litteris, nada nega. Mas deixemos os erros conceituais de lado, pois, como ela disse, nada se funde calmamente...


Também não gostei nada nada dessa quarta resposta, mas tudo bem. É muito difícil mesmo expressar-se em palavras: sempre esbarramos no "molambo da língua paralítica". Ninguém é perfeito e todos pisamos na bola mesmo... Ela foi de fato persistente: água mole, pedra dura, tanto bate até que fura. O que vale mesmo aqui é a intenção. Portanto, sou pela aprovação.
_________________
"In a time of universal deceit, telling the truth is a revolutionary act." George Orwell

Eustáquio Maia


Editado pela última vez por Eustaquio Maia em 25/05/2006 - 15:01:44; num total de 1 vez
Voltar ao topo
Exibir o perfil do usuário Enviar mensagem privada Enviar e-mail Visitar o website do usuário
Cancian

Administrador PN


Idade: 40
Registrado: 09/05/04
Mensagens: 321
Localização: São José do Rio Preto

MensagemEnviada: 25/05/2006 - 20:14:32    Assunto: Responder com citação

Essa falta de clareza me irrita. Confused Fazer-se entender faz parte, deveria pelo menos.
_________________
André Díspore Cancian
| Ateus.net | Paraíso Niilista | Ateísmo & Liberdade | ADC taedium vitae |
Voltar ao topo
Exibir o perfil do usuário Enviar mensagem privada Enviar e-mail Visitar o website do usuário MSN Messenger
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo tópico   Responder tópico    Paraíso Niilista - Índice -> Fórum Novos Membros Todos os horários são GMT - 3 Horas
Página 1 de 1

 
Ir para:  
Você não pode enviar mensagens novas neste fórum
Você não pode responder mensagens neste fórum
Você não pode editar suas mensagens neste fórum
Você não pode excluir suas mensagens neste fórum
Você não pode votar em enquetes neste fórum





    RSS Paraíso Niilista
  Paraíso Niilista – O Vazio e o Nada se encontram
Copyright © Paraíso Niilista – O Vazio e o Nada se encontram
:: Caso encontre erros, aprenda com eles ::
[On-line há ]
[última atualização: 12/04/2021]
  [Powered by]
intelligence...