Paraíso Niilista – O Vazio e o Nada se encontram


 
Seção Reflexões
 

alienação

Isolados, não sabemos que fim dar às nossas vidas, pois nunca as demos para nós mesmos. Durante toda a vida, nós nos ignoramos, insistentemente. Agora, sozinhos, não sabemos sequer quem somos, não reconhecemos em nós aquilo que acreditamos ser. Nossa alienação é tamanha que, condenados à solidão, seríamos obrigados a nos tornar outra pessoa. Entristece-nos perceber que esse indivíduo anônimo dentro de nós mesmos é aquilo que realmente somos; quando dizemos que somos atores, não se trata apenas de uma figura de linguagem.
André Díspore Cancian
28/12/2008
 
[retornar ao índice]
 
 




    RSS Paraíso Niilista
  Paraíso Niilista – O Vazio e o Nada se encontram
Copyright © Paraíso Niilista – O Vazio e o Nada se encontram
:: Caso encontre erros, aprenda com eles ::
[On-line há ]
[última atualização: 15/11/2015]
  [Powered by]
intelligence...