Paraíso Niilista – O Vazio e o Nada se encontram


 
Seção Reflexões
 

nosso êxodo espiritual

Contra todas as possibilidades, suponhamos que um Deus existisse e fosse bondoso (esquecendo a contradição que isso implica por ter criado este mundo miserável), e fôssemos, depois de nosso, digamos, “êxodo espiritual”, viajando como uma alminha metafísica cintilante até o reino dos céus, onde ficaríamos em êxtase eternamente – a famosa “bem-aventurança” –, então a proposta seria interessante. Mas como isso soa mais infantil do que a uma estória sobre o bicho-papão, sequer é possível levar em consideração a possibilidade de esse fóssil do entendimento humano ser verdadeiro.
André Díspore Cancian
[sine data]
 
[retornar ao índice]
 
 




    RSS Paraíso Niilista
  Paraíso Niilista – O Vazio e o Nada se encontram
Copyright © Paraíso Niilista – O Vazio e o Nada se encontram
:: Caso encontre erros, aprenda com eles ::
[On-line há ]
[última atualização: 15/11/2015]
  [Powered by]
intelligence...