Paraíso Niilista – O Vazio e o Nada se encontram


 
Seção Reflexões
 

para teístas e ateístas

Se cada pessoa tivesse honestidade suficiente para admitir a insignificância e o ridículo que representa, não acreditaria que sequer merece uma vida eterna. Mas contra esta lucidez ante a insignificância que causa tanto mal-estar à maioria das pessoas é possível forjar uma pequena fórmula bastante prática: 1) – Acreditar, sem ter motivos, em tudo que conforta; 2) – Ser totalmente parcial e só ver aquilo que convém ; 3) – Imaginar que aquilo que está faltando para ser feliz chegará em boa hora; 4) – Acima de tudo, fechar os olhos para todo o resto. Mas, para a satisfação dos descrentes, também há uma fórmula ateísta para evitar discussões inúteis com quem decidiu utilizar a fórmula apresentada acima: 1) – Nunca discuta com pessoas que crêem firmemente em algo sem precisar de motivos ou provas; 2) – Se acontecer uma inevitável discussão, não se preocupe, apenas ria bastante das explicações espúrias que darão para justificar suas crenças.
André Díspore Cancian
[sine data]
 
[retornar ao índice]
 
 




    RSS Paraíso Niilista
  Paraíso Niilista – O Vazio e o Nada se encontram
Copyright © Paraíso Niilista – O Vazio e o Nada se encontram
:: Caso encontre erros, aprenda com eles ::
[On-line há ]
[última atualização: 15/11/2015]
  [Powered by]
intelligence...