Paraíso Niilista – O Vazio e o Nada se encontram


 
Seção Reflexões
 

stultorum infinitus est numerus

É sempre difícil imaginar como puderam criar tantos milhares de deuses ao longo da história, até descobrirmos que o alimento dos deuses são os pontos de interrogação – e a ignorância é algo que definitivamente não falta neste mundo. Até o grande Shakespeare concordou com isso quando disse que “choramos ao nascer porque chegamos a este imenso cenário de dementes”.
André Díspore Cancian
[sine data]
 
[retornar ao índice]
 
 




    RSS Paraíso Niilista
  Paraíso Niilista – O Vazio e o Nada se encontram
Copyright © Paraíso Niilista – O Vazio e o Nada se encontram
:: Caso encontre erros, aprenda com eles ::
[On-line há ]
[última atualização: 15/11/2015]
  [Powered by]
intelligence...