Paraíso Niilista – O Vazio e o Nada se encontram


 
Seção Reflexões
 

ontologia

Pobre ser! Além de existir, ainda tem de sorrir toda vez que um filósofo tira sua foto; deixemos o pobre-diabo em paz, sem envolvê-lo em nossas fofocas e mexericos existenciais. A vida não passa de uma história absurda contada pelo acaso; o mais demente de seus personagens, chamado homem, ao descobrir-se como tal, acha muito natural buscar conhecer o autor pessoalmente para descobrir seu verdadeiro sentido que, obviamente, fica fora da história. O homem nunca se farta de olhar no espelho quando precisa de um pretexto para enganar-se profundamente.
André Díspore Cancian
26/12/2008
 
[retornar ao índice]
 
 




    RSS Paraíso Niilista
  Paraíso Niilista – O Vazio e o Nada se encontram
Copyright © Paraíso Niilista – O Vazio e o Nada se encontram
:: Caso encontre erros, aprenda com eles ::
[On-line há ]
[última atualização: 15/11/2015]
  [Powered by]
intelligence...